15.12.07

Teatro em Almodôvar

Temo-vos a dizer que novamente a peça de teatro "Os Pólos da Nossa Terra" arrasou e desta vez foi em Almodôvar.

As imagens dizem tudo






E aqui fica um pequenino excerto musical só para ficarem com "água na boca"!

video

Obrigada professora Ana Cristina por partilhar estes momentos com todos nós.

veja mais detalhes em http://latitude60.blogspot.com/2007/11/resultados-do-festival-internacional-de.html

Dia Polar Internacional
CALOTES GLACIARES
13 DEZEMBRO 2007


Esta iniciativa contou com a participação das seguintes escolas
http://www.ipy.org/index.php?/ipy/detail/ice_sheet_day_launch_a_virtual_balloon/


EB 2, 3 de Nogueira

Escola Secundária da Póvoa de Lanhoso - “Os alunos da ESPL lutam contra a inércia e defendemas zonas geladas e o futuro do planeta

Escola Francisco Torrinha

Escola Secundária Rodrigues de Freitas

J.I./E.B.1 de Ventosa

Escola EB 2,3 Grão Vasc, Viseu

Escola E.B.2.3 e Secundária de Alvaiázere

EB 2, 3 de Alcanede - "mais uma escola a apoiar o Projecto Latitude 60!"

ECB (Externato CooPerativo da Benedita)

Escola Superior de Educação de Santarém

EB1 nº1 do Cartaxo - “Um balão em defesa dos Pólos da Nossa Terra

EBI de São Bruno - Caxias

Escola Secundária António Inácio da Cruz - "Na Antárctida estará a Andreia Raposo de Grândola"

Escola EB2,3/S Dr. João de Brito Camacho - "Estamos aqui pelos Pólos e pela preservação da Natureza!"

Escola E.B. 2,3 de Vila Nova de Cacela-Lº60 - "Olhar vivo sobre as regiões polares"

Escola E.B.1 de Brancanes, Olhão - "Os Brancanitos associam-se a todos os povos do mundo no combate ao aquecimento global"

Escola EB 2,3 Dr José Neves Júnior, Faro - "Juntos pelo Dia Internacional das Calotes Polares"

Escola Básica 2.º e 3.º ciclos da Torre, Câmara de Lobos, Região Autónoma da Madeira, Portugal

Parabéns a todos....
Quem disse que éramos pequenos, quem disse????!!!!

Agora... Acontece!


A 23 de Novembro de 2007, Vanessa Batista e Alexandre Trindade estiveram presentes na gravação do programa de rádio Agora…Acontece! com o jornalista Carlos Pinto Coelho.

Nesta entrevista foram abordados temas relacionados com o Ano Polar Internacional e com o projecto educativo português - Latitude60!, bem como com as campanhas a realizar pelos cientistas polares e pelos alunos que participarão na viagem Students on Ice.

Convidamos todos os participantes no LATITUDE60! a ouvir o programa, nas rádios regionais e locais, na semana de 17 a 23 de Dezembro. Para saber qual a emissora e o horário em que será transmitido, solicitamos que consulte os seguintes endereços http://projectos.ese.ips.pt/moodle/mod/forum/discuss.php?d=3250 ou http://permafrost.weebly.com/.

Não percam!!!

7.12.07

"Inspectores da Terra" em Faro!

Professora de Ciências Naturais, da Escola Dr. José Neves Júnior, em Faro, Clara Abegão, tem o prazer de nos dar a conhecer o trabalho que ultimamente os seus alunos do 7ºD têm estado a desenvolver. Trata-se de um blog cujos temas desenvolvidos são sobre questões ambientais e que se intitula "Inspectores da Terra" http://inspectores_da_terra.blogs.sapo.pt/

Iniciativas como esta nunca são demais. Parabéns.
"Os Pólos da Nossa Terra" em Sesimbra

O Jardim de Infância da Unidade Integrada de Atendimento à Infância – Cercizimbra, no âmbito do desenvolvimento do Projecto Pedagógico das Salas Amarela e Vermelha tem vindo a dinamizar actividades relacionadas com a comemoração do Ano Polar Internacional.

No dia 19 de Novembro receberam a visita do Grupo de Teatro do Espaço Cativar com a peça "Os Pólos da nossa Terra". Para esta ocasião tiveram oportunidade de convidar amigos do Jardim de Infância/EB 1 de Sesimbra e do Externato de Santa Joana.

O professores e educadores do Cercizinbra enviaram-nos os testemunhos de algumas das crianças espectadoras que revelam o prazer que todos tiveram com esta iniciativa.

- João do Carmo – Gostei do Esquimó e do desenho da Aurora. Também temos de fechar a torneira e andar de bicicleta por causa da poluição.

- Eduardo – Gostei do mapa e da estação científica onde eles estavam. Também gostei da viagem da Aurora e do Pinpim à terra dos Pinguins.

- Carolina – Gostei do Urso Polar que vive no Pólo Norte, do Pinguim e da Aurora.

- Rodrigo S . - Gostei do mapa e da Aurora.

- Sebastião e André – Eu gostei do Pinguim e do mapa.

- João Pedro – Gostei do Urso Branco e do Pinguim.

- Verónica e Marco – Gostei da Aurora.

- Alexandre – Eu gostei do Urso Polar.

"O Teatro deu-nos pistas para ajudar a nossa terra: temos de andar de bicicleta para não poluir o ambiente, temos de fechar a torneira quando estamos a tomar banho e colocamos o champô e o gel; temos de fechar a torneira quando estamos a lavar os dentes; ..."

"Nós já sabíamos mas voltámos a ouvir que no Pólo Sul vivem os pinguins e no Pólo Norte os ursos polares."

"Nós queríamos dizer que na nossa sala já fizemos reciclagem do lixo e já somos bons para limparmos o planeta."

26.11.07

Viagens à Antátctida
(http://latitude60.blogspot.com/2007/08/pster-no-dia-2-de-julho-professora.html)

O grupo de alunos do secundário que recebeu o 1º prémio do concurso nacional "À Descoberta das Regiões Polares", e por isso vencedores das viagens à Antárctida, já está quase pronto para a grande viagem.

A formação que terminou no passado dia 24 de Novembro teve como intuito preparar o grupo de estudantes para o que os espera nesta aventura que se aproxima. O programa da formação consistiu no seguinte:

20 de Outubro

Formador: Catarina Figueira
Tema: Media
Local: Pavilhão ou Ciência Viva
Horário: 11h-13h


Formador: Alexandre Trindade
Tema: Tratado da Antárctida (politica) e historia da exploração.
Local: Pavilhão ou Ciência Viva.
Horário: 15h as 18h


27 de Outubro


Formador: José Xavier
Tema: Ecologia, Biologia e Oceanografia.
Local: Pavilhão ou Ciência Viva.
Horário: 14h as 18h


17 de Novembro


Formador: Alexandre Trindade
Tema: Geomorfologia glaciária, Geologia e enquadramento morfotectónico.
Local: Pavilhão ou Ciência Viva.
Horário: 10h-13h e 15h-17h


24 de Novembro


Formador: Gonçalo Vieira
Tema: Criosfera e mudanças climáticas
Local: Faculdade de Letras da Univerdidade de Lisboa.
Horário: 9h-13h


Visitas Guiadas ao Oceanário - 5

Nas duas últimas visitas fomos acompanhados pela Educadora Marinha Patrícia que nos ensinou ainda mais coisas que não sabíamos (ver publicações anteriores, abaixo). Assim, depois de vermos o Oceano Índico fomos ver no aquário global um peixinho bem nosso conhecido e que todos os portugueses gostam muito. Adivinham quem é?


É o Sr. Bacalhau. E sabem que o Sr. Bacalhau anda muito triste. Porquê? Porque nós (os portugueses) gostamos muito de comer bacalhau e como comemos tanto e tanto bacalhau este bonito peixe está a desaparecer e o Sr. Bacalhau do Oceanário está a perder a sua família. Como todos gostamos de comer um bom bacalhau cozido, à Brás ou com natas sabem qual é a sugestão da nossa amiga Patrícia? Que por ser um peixe tão especial, só o devemos comer no máximo quatro vezes por ano, sendo que uma delas está quase a chegar – o Natal. Será que em 2008 vamos conseguir comer só quatro vezes bacalhau, para assim podermos ajudar o Sr. Bacalhau e a sua família?

Depois de nos despedirmos do Sr. Bacalhau e de prometermos que passaríamos a mensagem da sua iminente extinção, foi altura de darmos uma espreitadela no aquário do Polvo e ver a estrela-do-mar Girassol. Ao contrário das estrelas-do-mar comuns que só têm cinco pontas a estrela-do-mar Girassol é grande e tem 21 pontas.


Também com a Patrícia houve tempo para descansar e ver os peixinhos do aquário central.

Olhem ali duas raias!


Os prémios das Visitas Guiadas ao Oceanário chegaram ao fim. Esperamos que tenham gostado do que vos contamos sobre as visitas que os vencedores do concurso nacional “À Descoberta das Regiões Polares” viram e aprenderam.
Em breve começarão as Visitas Guiadas aos Bastidores do Oceanário e ai vamos ver a parte de trás deste bonito mundo que vos acabámos de mostrar!
Visitas Guidas ao Oceanário - 4

As restantes três visitas realizadas no dia 19/Novembro foram do Jardim de Infância João de Deus do Entroncamento (ver publicação abaixo). Começamos a visita com o grupo dos mais pequeninos (Batas vermelhas), depois os maiores (Batas azuis) e depois para terminar os ainda maiores (Batas amarelas).
A visita dos mais pequeninos foi acompanhada pelo nosso já conhecido Educador Luís que nos mostrou os Pinguins e como o gelo é frio.


Passeamos também pela selva e vimos como são coloridos os animais do Oceano Índico. A sua cor deve-se à temperatura elevada da água em que vivem, cerca de 25ºC.


Desta vez, no Oceano Índico tivemos o prazer de conhecer o peixe Napoleão. O seu nome vem do facto de que quando se torna grande este peixe fica com uma cabeça parecida com o chapéu do Napoleão Bonaparte.


Como os outros meninos dos outros grupos descansámos junto ao aquário central. Olhem bem para cima… lá vem o peixe-lua.


Também tivemos a visita do tubarão zebra. Apesar do seu aspecto pintalgado este tubarão quando nasce é às riscas, tal qual uma zebra. Mas com o crescimento a sua pela transforma-se em pintas perdendo as riscas.




Antes de terminarmos a visita o Luís ainda teve tempo de nos mostrar um aquário pequenino onde vivem os corais do Oceanário. Sabiam que os corais são animais? É verdade! Apesar de parecerem rochas os corais são animais muito valiosos e sensíveis e que se encontram em perigo de extinção. Assim, nunca os devemos apanhar na praia, nem comprá-los uma vez que é crime.


Fotografia de um exemplar de um coral mesa. Tem este nome por ser tabular e por isso com a forma de um tampo de mesa.


E a seguir uma fotografia de um coral árvore que tem este nome por se parecer com uma pequena árvore.


Como são animais de águas quentes os corais estão sempre acompanhados de peixes coloridos e muito bonitos.

Visitas Guiadas ao Oceanário - 3

No dia 19 de Novembro de 2007 realizaram-se mais quatro visitas guiadas ao Oceanário de Lisboa. Na primeira visita (Jardim Escola do Largo da Luz) os nossos amiguinhos foram acompanhados pela Educadora marinha Marta.

Nesta visita vimos muitos animais mas gostámos muito dos Pinguins. No Oceanário todos os pinguins são identificados com uma ou duas pulseiras de cores diferentes para que possamos saber os seus nomes e se são machos ou fêmeas.

Depois de visitarmos o Oceano Glaciar Antárctico e os nossos grandes amigos pinguins e andorinhas do mar, chegou a altura de visitarmos o Oceano Índico.

Junto ao oceano Índico, que se encontra a uma temperatura de cerca de 25ºC, existe uma floresta. E porque no Oceanário não existem só peixes, nesta floresta tivemos que entrar com “pezinhos de lã” e sem fazer barulho para que os pássaros não fugissem. O nosso objectivo? Contar o maior número de pássaros possível! Quantos teremos encontrado?


E como o Oceanário é muito grande e os nossos amigos peixes são muitos e fazem muitos cocós e xixis é necessário que, todos os dias, entrem mergulhadores dentro de água com um aspirador especial (tubo azul) para limpar a casinha dos nossos amigos.

Como os outros grupos que anteriormente visitaram o Oceanário também nós nos sentamos junto ao tanque central para observar os peixes.

E adivinhem lá quem nos veio visitar?

O peixe-batata. As suas manchas aparecem e desaparecem conforme está contente ou chateado. Quanto mais escuras estão as manchas mais chateado ele está! O que terá acontecido a este nosso amigo?


O tubarão touro também nos veio visitar. E para finalizar ainda tivemos tempo de ver mais alguns peixes de água quente.


Para terminar a nossa Educadora Marinha apresentou-nos o VASCO, a mascote do Oceanário. Ele é muito giro e amigo dos oceanos e alguém sabe o que significa o seu nome?

Vamos Ajudar a Salvar e Conservar os Oceanos - VASCO

Visitas Guiadas ao Oceanário - 2

A segunda visita do dia 18 de Novembro decorreu com o Jardim de Infância da Ventosa e nela tivemos o prazer de ser acompanhados pelo nosso novo amigo, e educador dos oceanos, João, que nos irá contar a história dos oceanos e dos seus habitantes.

Como os nossos colegas da visita anterior vimos o peixe-lua, os pinguins, as lontras e muitos outros animais que a seguir vos mostramos.

Mais uma foto do peixe-lua que tem cerca de 1 m de diâmetro e pesa cerca de 300 Kg. Come gelatina de alface e camarão que se parece com as alforrecas que come normalmente no mar!
As lontras durante o dia gostam muito de comer, dormir, limpar o seu pelo, brincar e fazer ginástica, por exemplo mergulhar. Assim, e como não temos fotos de todas estas actividades mostramo-vos uma fotografia do Eusébio a mergulhar.
Nos aquários mais pequenos em redor do tanque central tivemos a oportunidade de ver as anémonas e as moreias.
Nesta fotografia podemos ver duas anémonas. Mas se repararmos com atenção podemos ver que estão diferentes. Porque estará a anémona da direita quase fechada e a da esquerda totalmente aberta? É que a da direita acabou de comer e vai fazer agora uma bela “digestão”.
Nesta última fotografia podemos ver duas das moreias que existem no Oceanário.
E como os nossos anteriores amigos no final descansamos junto ao aquário central e ver os nossos amigos peixes, tubarões, raias, etc.
Visitas Guiadas ao Oceanário - 1

A 18 de Novembro de 2007 foram iniciadas as Visitas Guiadas ao Oceanário referentes aos prémios que os nossos pequenos grandes vencedores ganharam no âmbito do concurso nacional “À Descoberta das Regiões Polares”. (http://latitude60.blogspot.com/2007/08/pster-no-dia-2-de-julho-professora.html)

As visitas iniciaram-se com os grupos dos Jardins-de-infância do Vimeiro e de Bufarda que tiveram o prazer de ser guiados pelo nosso novo amigo, educador marinho, Luís.

Para que todos os nossos amigos do Latitude60! possam ter uma ideia do quanto nos divertimos e do quanto aprendemos aqui deixamos algumas fotos e um bocadinho do que temos aprendido.


Logo à chegada o Luís apresentou-nos o nosso primeiro novo amiguinho, e o seu preferido no Oceanário. Chama-se Peixe-lua. Já viram o tamanho que tem? Este e outros peixes que vêm na fotografia encontram-se no aquário central que tem o nome de aquário Global pois contêm peixes de todos os oceanos do globo terrestre.

Logo depois de darmos uma primeira vista de olhos no aquário central, seguiu-se a altura de visitar todos os oceanos individualmente, e acabamos por ver os nossos amigos pinguins no Oceano Glaciar Antárctico.

Estão a ver os nossos amigos pinguins na água? De seguida foi o momento de irmos conhecer os residentes Eusébio e Amália. Sabem quem são?


O Eusébio e a Amália são as lontras que vivem no Oceanário. Já tiveram 5 filhotes, infelizmente 2 morreram, mas os outros 3 foram enviados para outros Oceanários do mundo para que outros meninos pudessem também ver como as lontras são tão bonitas e brincalhonas.

Nesta fotografia podemos ver a Amália a descansar nas algas. Segundo o nosso amigo Luís, uma das coisas que mais gosta de fazer!

Ainda tivemos tempo para passar no Oceano Índico e conhecer o peixe balão, que quando se sente ameaçado, bebe muita água e incha, de maneira a não ser comido por outros peixinhos. A sua cor tão amarela é um aviso para os outros peixes de que ele é venenoso e por isso o melhor é que não o comam.

Por fim, e como já estávamos um bocadinho cansados, acabámos por nos sentar junto ao aquário global e apreciar, em silêncio para não assustar os peixinhos, os nossos novos amigos peixes.

Pinguins Bruxinhos!

Está tão "delicioso", que não conseguimos resistir a transcrever os comentários da professora Filipa Silva da EB1 de Brancanes - Olhão, relativamente ao trabalho desenvolvido pelos seus alunos para comemoração do "Dia das Bruxas", e começa assim:

"Olá a todos!!!!!!!!
Este ano houve um pinguim, malandreco, que conseguiu formar um grupo de rebeldes para se tornarem bruxinhos. Pensam eles que talvez com um feitiço se consiga inverter o aquecimento global. Será????"

"Os esquimós também resolveram tomar uma atitude, mas não relacionada com o auqecimento global, resolveram alertar a população para não fumar. Pode ser que resulte!"

Estamos esperançosos que vai mesmo resultar! :)

Resultados do "Festival Internacional de Cinema de Animação - CINANIMA"


Foi realmente uma grande animação!!!
(ver publicação anterior - abaixo)
Grande empenho em Palmela

A professora Margarida Mota descreve-nos de seguida todos os pormenores deste evento.

"As Escolas Secundárias de Palmela e Pinhal Novo, bem como a Câmara Municipal de Palmela, têm estado empenhadas no projecto Latitude60! num esforço conjunto desde o início.

Neste novo ano lectivo o empenho continua. Desta feita, e no âmbito da recepção à comunidade escolar, têm decorrido diversas actividades no Concelho, ligadas ao API (ciclo de cinema, exposições, etc).

No dia 18 de putubro inaugurou-se, na biblioteca Municipal em Palmela, a exposição 'HÁ VIDA NOS PÓLOS' (com contributos de ambas as escolas e da CMPalmela). Quem esteve presente nesta cerimónia de abertura teve ainda o privilégio de assistir à palestra do professor Gonçalo Vieira, a algumas palavras proferidas pelos nossos alunos (de ambas as escolas) que foram premiados no concurso "À descoberta das regiões polares" e ainda ao trabalho de vários alunos da ESPinhal Novo (nomeadamente alunos de secundário que demonstraram algumas experiências sobre energias renováveis, alunos de cursos CEF que serviram um buffet volante e outros que fizeram a visita guiada à exposição).

Um grande agradedecimento ao Dr. Gonçalo Vieira pela sua presença, muitos parabéns a todos os envolvidos neste projecto (Lat60!) e nesta iniciativa no Concelho de Palmela.

Ficam algumas fotos do evento e o convite a quem puder visitar Palmela, a dar um pulinho à Biblioteca até ao dia 10 de Novembro, para ver a exposição."


Teatro na E B 2, 3 Alto do Moinho - Loures

No dia 15 de Outubro de 2007 a peça de teatro "Os Pólos da Nossa Terra" foi à Escola EB 2,3 Alto do Moínho, em Catujal Unhos. A professora Manuela Nunes contou-nos que foi um verdadeiro sucesso, e para o comprovar aqui ficam algumas imagens tiradas pelos professores do 1º Ciclo.

A sala estava bem composta e o interesse parece ter sido grande! Também, com tantas coisas para ouvir e aprender...


E não nos cansamos de dizer que ficamos muito "orgulhosos" sempre que recebemos notícias como esta. Obrigada por terem gostado do que preparámos para vocês. Esperamos que continuem a usufruir destes momentos preciosos. Veja como na publicação abaixo.